Cama de gato

É a história de um homem, Gustavo, que sofre uma humilhação muito grande quando criança, por ser muito pobre. Ele promete se tornar uma pessoa rica e nunca mais ser humilhado por ninguém. Ganha dinheiro a qualquer custo, se torna uma pessoa triste.
Gustavo Brandão é um homem rico, mas amargurado, dono da empresa de perfumes Aromas junto a Alcino Rodrigues, seu melhor amigo, e casado com a ambiciosa Verônica. Alcino é um bon-vivant, que aproveita a vida ao máximo, mas descobre que está com uma doença grave e com os dias contados. Ao perceber que Gustavo perdeu o prazer das coisas simples da vida, Alcino decide mandá-lo para um deserto, com a ajuda de Verônica e de Davi, irmão de Gustavo.
Com esta atitude, Alcino pretendia que Gustavo passasse por um momento de reflexão, que repensasse sua vida, seus valores. Só que Verônica aproveitou-se da situação para dar um fim no marido e ficar com toda a sua fortuna. Para isso, ela contou com a ajuda de Roberto, modelo da perfumaria e seu amante.
Mas Rose, faxineira da Aromas, ouve o plano de Alcino, sem entender os motivos dele, e decide contar tudo ao patrão, porque achava que Alcino estivesse querendo dar um fim em Gustavo. Rose é uma mulher íntegra e honesta, ex-mulher do malandro Tião, e trabalha duro para sustentar seus quatro filhos, além do ex-marido, que não quer saber de trabalhar.[29] Na noite do lançamento de um novo perfume da Aromas, Rose e Taís, sua melhor amiga, entraram escondidas na festa e contaram sobre o plano de Alcino a Gustavo, que não acreditou e as demitiu. Mas no dia seguinte Gustavo acordou no meio de um deserto e, por meio de um bilhete que Alcino lhe deixou junto com um mapa, concluiu que foi seu melhor amigo que o mandou para aquele lugar no meio do nada. Enquanto isso, a modelo Natasha, exclusiva dos perfumes Aromas, é encontrada morta na casa de Gustavo. Com o desaparecimento do empresário, era natural que a culpa recaísse sobre ele.
Alcino foi até o encontro do amigo no deserto, mas, no caminho, os capangas de Roberto abordaram-no e roubaram seu carro, o que fez com que ele seguisse a pé. Gustavo também foi perseguido pelos capangas, que receberam ordem para matá-lo, mas concluiu que eram capangas de Alcino. Os dois amigos acabaram se encontrando, mas, após uma discussão, Gustavo amarrou Alcino e seguiu viagem.[30] Mari, secretária de Alcino, sua amiga e confidente, o libertou, e ambos foram atrás de Gustavo. Os capangas de Roberto alcançaram Gustavo e, após um tiro, ele caiu de um penhasco. Alcino viu a cena de longe e sentiu-se culpado, acreditando que Gustavo havia morrido. Mas, na verdade, ele conseguiu se salvar.
A partir daí, Gustavo faz de tudo para voltar ao Rio de Janeiro para provar sua inocência. Após trabalhar como boia-fria e lixeiro, encontra Rose, a ex-faxineira de sua empresa que o havia alertado sobre Alcino. Com a ajuda dela, Gustavo tenta provar que não teve culpa na morte da modelo e que tudo não passava de um plano de Alcino.[31] Para piorar as desconfianças de Gustavo sobre o amigo, Verônica seduz Alcino e eles se casam, o que leva Gustavo a achar que os dois estavam mancomunados. Mas Verônica é desmascarada perante Alcino, com a ajuda de Mari, que nunca acreditou na carinha angelical da moça. É quando Rose começa a trabalhar na Aromas, por causa de Alcino, que fica encantado por ela. Lá, a ex-faxineira vai juntando provas que inocentam Gustavo, mas que não apontam o verdadeiro culpado e sim, acusam outro inocente: Alcino.

Formas de contato conosco

Nos contacte via e-mail:
[email protected]
skype:
cegosbrasil
Também estamos no Facebook, curte nossa página e fique por dentro de nossas novidades:
http://facebook.com/cegosbrasil