Sua lista de favoritos

RÁDIO CLUBE MS, MÚSICA DE QUALIDADE 24 HORAS POR DIA.

Que tal aproveitar e navegar em nosso site ouvindo uma excelente programação musical?
Basta apertar o Play! (não disponível via Webvox.)

Tamanho de fonte

Seja informado sobre todas as nossas atualizações em seu WhatsApp!

Roseira Brava (1995) Português de Portugal

Adicionada novela completa

Esta telenovela começa com o julgamento e a condenação do médico Francisco António Barbosa Botelho (Tozé Martinho), queé condenado a uma pena de 8 anos de prisão
pelo crime de homicídio, após ter matado um paciente por estar alcoolizado. A sua filha, Marta Botelho (Fátima Belo), assiste ao julgamento acompanhada pelo seu
tio, Raúl Navarro (Marques D'Arede), e, ao ouvir a sentença diz que nunca mais quer ver o seu pai.
OITO ANOS DEPOIS - António está a terminar a sua pena de prisà£o contando com a ajuda do seu advogado, Jaime Faria (Rogério Samora), homem muito mulherengo que
namora
com a amiga de Marta, Sofia Figueiredo (Sílvia Rizzo), secretária da empresa Navarro, SA, empresa da família Navarro. Jaime vai ajudar António para ele se reintegrar
na sociedade. Mas António tem dois objectivos: o primeiro é reconquistar a sua filha e o segundo é conhecer a viúva de Luís Serra, o paciente que ele matou e de
cuja esposa este tanto lhe havia falado. Marta está a terminar a faculdade e decide trabalhar na empresa de Raúl para começar a sua nova vida. Marta vive com Raúl
e a filha deste, Joana Navarro (Sofia Sá da Bandeira), cuja relação com o pai não é a melhor. Por sua vez Raúl Tornou-se là­der das empresas do pai, Guilherme Navarro,
e recuperou-as da falência sendo um empresário bem sucedido. No entanto seu pai nunca o deixou tomar conta da Herdade da Roseira Brava sendo esta gerida pelo feitor
Afonso Serra (Mário Pereira), pai de Luís Serra, que lá vive com a sua nora, Matilde Vilhena (Manuela Santos), filha de João Vilhena (Rodolfo Neves) e Luísa Vilhena
(Lurdes Norberto), irmã de Helena (Elsa Valentim), uma mulher tresloucada e preversa, e de Diana (Sónia Guimarães), bailarina de profissão, a sua neta Inês (Rita
Salema) e o seu bisneto Miguel (Márcio Ferreira), fruto de uma relaà§ão antiga entre Inês e José Carlos Navarro (Nuno Homem de Sá), homem de estilo playboy e muito
chulo, apesar de ser diabético.
Guilherme Navarro acabou de falecer e Raúl, que possui uma paixão obsessiva por Matilde ao ponto de querê-la para a ter como objecto, decide ir para a herdade que
se situa junto da povoação de Santo Estêvão, onde o seu pai vivia com a sua tia Rita Navarro (Mariana Rey Monteiro). Com a abertura do testamento descobre-se que
Afonso é também filho de Guilherme, passando a chamar-se Afonso Navarro, e que herdou a Roseira Brava. No entanto esta está hipotecada, sendo que Raúl se vai aproveitar
disso para tentar recuperá-la.
Em Santo Estêvão vivem também Vicente Falcão (José Gomes), marido de Amélia Falcão (Simone de Oliveira) e pai de Eduardo Falcão (António Pedro Cerdeira), o alcoólico
Joaquim da Horta (Carlos Santos), marido de Inácia (Márcia Breia) e pai de Nelo (Leonardo Varela-Cid) e Anabela (Patrícia Tavares) que fica com a vida desgraçada
ao envolver-se com o vigarista Manolo da Purificaà§ão (Virgílio Castelo), filho da Ti Ortense da Furificação (Manuela Maria), a dona do Café Central. Ortense tem
dois pretendentes que estão apaixonados por ela: Vitalino (Carlos Coelho), o dono do talho, e o Coronel Julião Saraiva (Canto e Castro), reformado do exército e
que anda sempre acompanhado pelo Santa Comba (Manuel Cavaco). Ortense mal sabe que Manolo é contrabandista de arte sacra juntamente com Lopes (Manuel Castro e Silva),
e chefia a casa de alterne El Dourado que tem como proprietários o Silva (Camacho Costa) e a Esmeralda (Hermínia Tojal) e tem como funcionárias a Odete (Rosa Villa)
e Sà­lia (Mané Ribeiro), onde Anabela vai parar.
Com a morte de Afonso, a chegada da Helena à Roseira Brava, a ida de Anabela para a má vida, a paixão que Matilde começa a sentir por António desconhecendo que
foi
ele quem matou o seu marido, a chegada do médico João Pedro Morais (Luís Esparteiro) que tenta conquistar a simpatia do povo da zona e fica dividido entre Joana,
Inês e Helena, que foi sua ex-mulher e lhe estragou a vida, a partir desta altura, começam os enredos, encontros, desencontros, mortes, desenterro de factos antigos
e muitas coisas em que todos os caminhos vão dar à  ROSEIRA BRAVA.