Séries e seriados

Com muito estilo e alma, nova adaptação do mangá clássico pela Netflix foi o primeiro ótimo anime de 2018

A trama acompanha Akira Fudo, um garoto sensível sem grandes feitos ou amigos na escola que se reencontra com Ryo, seu amigo de infância, após muitos anos separados.
Ryo tenta recrutá-lo para uma missão: provar ao mundo que demônios são reais e andam entre as pessoas.
Durante uma festa tomada pelos monstros, Akira é possuído por um e torna-se um demônio com coração humano, tendo como objetivo proteger a raça humana dos seres diabólicos.
O primeiro capítulo causa um estranhamento inicial pelo seu uso de violência e sexo gráfico, que parecem gratuitos antes da série apresentar seu propósito.
Os demais capítulos recompensam ao discutir a condição humana em meio a dificuldades, demonstrando como a fraqueza da mente humana pode superar até a força física
através de vícios e outros mecanismos de escape para lidar com perda, pobreza e abandono.

Ainda assim, o anime levanta a questão de se tal "fraqueza" emocional é realmente um defeito.
Ao mesmo tempo em que a insegurança e desconfiança entre as pessoas criam conflitos desnecessários como racismo, guerra xenofobia, a capacidade de ser ferido -
e reconhecer que outros também sofrem - é o que permite empatia e união entre os seres humanos

Formas de contato conosco

Nos contacte via e-mail:
[email protected]
skype:
cegosbrasil
Também estamos no Facebook, curte nossa página e fique por dentro de nossas novidades:
http://facebook.com/cegosbrasil